Uma mudança de residência costuma demandar um bom nível de planejamento. É preciso organizar todas as suas coisas, embalar, contratar uma empresa especializada ou, pelo menos um carreto, entre outros pormenores. E essa lista de tarefas ganha um item ainda mais importante quando se tem um animal de estimação. Em um artigo para o site Realtor, a jornalista e escritora norte-americana Erica Sweeney – que entre outras publicações colabora com veículos como The New York Times e HuffPost – fez uma lista com dicas para uma mudança com pets.

“Quando nos mudamos alguns anos atrás, eu não cheguei realmente a considerar como nossos dois cachorros, Coco e Cookie, lidariam com isso. E aquilo foi um grande erro. Procurei algumas dicas online e tentei o meu melhor para colocá-las em prática. Mas, durante os primeiros dias na nova casa, meus cães estavam estressados ​​e ansiosos, brigavam entre si e latiam o tempo todo. Um comportamento incomum. Após algumas semanas, eles começaram a se ajustar e a ansiedade diminuiu. Mas isso me fez pensar no que eu poderia ter feito para tornar esse movimento menos traumático para eles”, escreveu Erica.

Veja as 5 dicas de especialistas para manter os pets mais calmos e seguros na transição para casa nova:

front_blog_pet

1. Mantenha os animais de estimação distantes no dia da mudança

De acordo com uma adestradora de cachorros ouvida por Erica, a melhor coisa a se fazer no dia da mudança – que costuma ser corrido e um pouco confuso – é deixar os cães em algum outro lugar, para que eles não se estressem com a movimentação.

Já de acordo com um especialista em comportamento de gatos, a melhor forma de lidar com os felinos é confina-los em um cômodo no local antigo ou no novo lar, para mantê-los afastados da atividade. De preferência com uma placa na porta fechada com a mensagem “gato dentro: por favor, não abra a porta”, para evitar fugas.

“Deixamos nossos cães fora de casa por alguns dias durante nossa mudança. Isso nos deu tempo para começar a desfazer as malas e arrumar suas coisas antes de levá-los para casa nova. Saber que estavam seguros e fora do caminho tornou a mudança menos estressante”, lembrou a escritora.

2. Não lave as coisas dos animais antes da mudança

Esse é um grande erro que as pessoas não devem cometer em uma mudança com animais. Cheiros familiares aliviam a ansiedade dos pets.
“Pode parecer uma boa ideia lavar tudo ou comprar coisas novas para eles antes do novo começo na casa nova, mas não é”, disse Erica.

Segundo a escritora, caminhas, cobertores, brinquedos, caixas de areia e tigelas de comida e água trazem o perfume da casa antiga para nova. E isso reduz substancialmente o estresse dos animais de estimação, fazendo com que eles se adaptem mais rapidamente.
De acordo com os especialistas ouvidos por Erica, uma boa sugestão é não empacotar os itens dos animais de estimação até o último minuto, para que eles se sintam em casa enquanto você prepara a mudança.

3. Fique de olho neles em seu novo ambiente

mudar_front_blog

Após a mudança com pets, especialistas recomendam que eles sejam observados de perto enquanto exploram o novo ambiente. Além disso, é importante verificar possíveis rotas de fuga.
“Por exemplo, mesmo que você tenha se mudado para uma casa com uma cerca, os cães podem pular mais alto do que imaginamos, por isso, é importante ficar de olho”, recomendou Erica.
A escritora também sugere que os passeios pela vizinhança aconteçam aos poucos, um passo de cada vez, para facilitar a adaptação às novas imagens e sons com os quais o bichinho terá contato.

Outra dica de Erica é, se possível, apresentar-se, junto com seu animal de estimação, aos vizinhos. Dê seu número a eles e explique que seus pets ainda estão se adaptando a o novo local. E, por isso, pode ser aconteçam alguns latidos a mais, por exemplo.

4. Não altere muito a configuração

De acordo com o especialista em gatos ouvido por Erica, “o território doméstico é tudo” para os felinos. Eles se sentem mais seguros em espaços familiares. A mudança pode causar comportamentos incomuns, fazendo com que eles se escondam mais, demonstrem medo e se expressem de forma mais vocal. Por isso, a criação de uma “sala segura”, com as coisas necessárias e favoritas de seus gatos nas primeiras horas, dias ou até semanas pode ajudar na adaptação. Uma vez que se sintam confortáveis ​​e comecem a agir como de costume, eles podem ficar mais livres para explorar o resto da casa.

No caso dos cachorros, a especialista consultada pela escritora recomenda arrumar camas, caixotes e brinquedos o mais próximo possível da configuração antiga. Para dar aos cães uma sensação de familiaridade com a localização de suas coisas e fazer com que se sintam mais à vontade.

5. Evite alterar a rotina de seus animais de estimação

As rotinas são importantes para cães e gatos. Portanto, manter horários regulares de alimentação, caminhada, atividades lúdicas e outras tarefas familiares cria estabilidade.

Segundo o especialista em comportamento de gatos, “eles realmente confiam em seus cobertores, camas e brinquedos favoritos para se sentirem seguros. E a rotina é muito importante para eles.
“Os cães também amam a rotina. Os meus acordam às seis horas da manhã todos os dias, prontos para ‘sair e usar o banheiro’ e depois tomar café da manhã. Mantivemos esse cronograma na nova casa”, contou a escritora.

6. O tempo é o melhor aliado na mudança com pets

No final das contas, em uma mudança com pets, é preciso ter em mente que a adaptação de um animal de estimação a uma nova casa sempre levará algum tempo. O quanto irá demorar depende do animal. E uma dica importante dos especialistas: tenha sempre por perto os registros médicos, eventuais números de microchips e fotos atuais do seu pet em mãos, caso ele se perca.

“Os animais podem mostrar sinais de estresse e ansiedade por vários dias. Mas é importante que apareçam sinais de melhora. Caso contrário, se o seu pet não estiver comendo, por exemplo, ligue para um veterinário”, recomendou Erica.

Fonte: QuintoAndar

Nós existimos para simplificar as transações imobiliárias, auxiliando você da busca ao fechamento do negócio, para que boas escolhas sejam tomadas. Entre em contato com a gente!