A cidade de São Paulo comemora neste sábado, 466 anos de história.

A Secretaria Municipal de Cultura apresenta mais de 300 atividades gratuitas, como shows, cinema, dança, teatro e circo, em cerca de 150 pontos nas ruas e equipamentos culturais municipais nas cinco regiões da cidade

No centro, por exemplo, o destaque é o Grande Cortejo Modernista, com show de Ney Matogrosso, Skank, Karol Conká, Elba Ramalho com Bixiga 70, Rashid, Demônios da Garoa e a bateria da Vai-Vai.

Participam desse espetáculo itinerante a céu aberto artistas como Elba Ramalho com Bixiga 70, Karol Conka, Rashid, Ney Matogrosso, Skank, Demônios da Garoa e a bateria da Vai-Vai. Para dar vida a personagens históricos, foram convidados atores como Pascoal da Conceição, interpretando o escritor Mário de Andrade.

A Orquestra Sinfônica Municipal, o Coro Lírico, o Balé da Cidade de São Paulo e o Coral Indígena Guarani Amba Vera também integram a apresentação. A abertura será no Pátio do Colégio, às 12h, e o itinerário inclui o Largo São Bento, Rua Líbero Badaró, Avenida São João, Viaduto do Chá, Praça Ramos de Azevedo – onde fica o Theatro Municipal de São Paulo -, Largo do Paiçandu, esquina das Avenidas Ipiranga e São João e Praça da República. Dessa forma, o público é convidado a percorrer pontos históricos e lugares de memória que se relacionam com a cultura brasileira em todas as suas formas.

Outro espaço que recebe programação neste dia é o Centro Cultural da Juventude. Um grande encontro de talentos da nova geração do rap com Drik Barbosa, Kamau e Rashid.

No Centro Cultural Tendal da Lapa, às 19h, o cantor Marcelo Jeneci apresenta seu novo disco, “Guaia”, voltando às origens ao homenagear o bairro em que cresceu, Guaianazes. Para apresentar o terceiro álbum, Marcelo Jeneci (voz, sanfona e teclados) sobe no palco acompanhado por Rafa Cunha (bateria e samplers). No repertório, seus maiores sucessos e as novas canções “Aí Sim”, “Oxente” e “Redenção”, entre outras.

O samba dá o tom da programação do M’Boi Mirim, na zona sul. A partir das 18h, a programação começa com a Equipe Black Mad, grupo fundado por Mauricio Black Mad e que traz uma apresentação de dança e música em ritmos como soul music e funk.

Na sequência, às 20h, será a vez de Rodriguinho, ex-vocalista do grupo Travessos, que apresenta a turnê “30 anos, 30 sucessos”. Neste show, ele relembra canções que fizeram sucesso no grupo como “Tô te filmando (Sorria)” e “Quando a gente ama”. Quem encerra as apresentações neste palco é o grupo de samba Art Popular, às 21h. Músicas como “Pimpolho” e “Fricote” estarão no repertório.